quarta-feira, 15 de junho de 2016

Queima de Arquivo

Apagaram seu nome da lista, filho
Agora é um vagabundo iluminado pelo desespero
Mas ainda há uma luz no final
Não pense no seu enterro, nem no seu enredo

Apagaram sua memória, pobre homem
Deixaram-no solto em sua dor infindável
Há um lunático em sua mente
Um Chapeleiro bastante simpático

Apagaram sua lista e seus contatos
Não te querem mais no setor matutino
Depois de vinte anos na escola
Te chamam de garoto franzino

Apagaram seus erros, está livre
Porém, sem documentos ou passaporte
Durma na rodoviária, filho
Talvez seja um bom esporte


Edu Neves



Nenhum comentário:

Postar um comentário