sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Adeus, Estrada dos Tijolos Amarelos

Teclo em seu piano de vidro com peixes dentro
Vivem ouvindo seu timbre peculiar
Vivem com ar
Ar com Lá

Lá menor com sétima
E começa seu show
Seu amigo Billy te assiste atentamente
Com a estrada em sua mente

Estrelas se juntam a você
A bailarina teve um dia de cão hoje
Então abraça-te com ternura
Abraça-te com saudade de um tempo não vivido

Uma lamparina luta forte contra o vento
E a sua princesa se foi
Você disse que é o ciclo da vida
Eu digo que é uma ferida

(Edu Neves)




Nenhum comentário:

Postar um comentário