sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Magia Branca

Ela com seus unguentos me livra das dores do mundo
Me transforma num melro
E me leva para acima das águas geladas
E me pousa em seu ombro esquerdo

Conhecedora da natureza
Me livra dos demônios da cidade grande
Sou apenas um garoto sem asas
Agora, dê-me algo com o qual eu fique deslumbrante

Então, ela me deu uma bata imaculada
Um cristal azul e uma pedra de ametista
Tudo para ser queimada impiedosamente
Na inquisição equivalente

(Edu Neves)



Nenhum comentário:

Postar um comentário