sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Um Sonho a Mais

Sonho comigo na Lua
Deve ser meu lugar
Sonho com a minha Lua
E sonho com a Lua caminhando na rua

Pesadelos com quem deixou-me não os tenho
Só tenho sonhos férteis agora
No clarão da aurora
Em qualquer hora

Um sonho a mais
E quase não sonho mais
Talvez com a Nona de Beethoven
Ou com qualquer Blues de ontem ou de hoje

Deixo meus olhos choverem
Inundando e limpando o quadro negro
Deixando escapar qualquer segredo
Me escondendo e sendo seu brinquedo

(Edu Neves)



Nenhum comentário:

Postar um comentário